6 maneiras de manter o foco e alcançar o sucesso profissional

“Você tem até o fim do dia para entregar aquele relatório que estou esperando há meses!” Se você só consegue focar no trabalho mediante pressão dos clientes ou do presidente da sua empresa, sua carreira corre sério risco de sair do eixo. Não só porque é muito difícil entregar bons resultados em cima da hora, mas a saúde cedo ou tarde cobra um preço alto pelo estresse diário.

Embora manter o foco em determinada tarefa esteja cada vez mais difícil em plena era da informação — devido a redes sociais cada vez mais inventivas e 1.001 aplicativos que nos deixam conectados 100% do tempo ao que ocorre fora do escritório —, com a adoção de alguns hábitos é possível tornar a concentração possível e o dia bem mais produtivo.

Neste post, você vai conhecer alguns exemplos sobre como manter o foco profissional para alcançar tudo aquilo que deseja. Confira:

Ser saudável

Não há nada de mal em tomar café durante o trabalho, o problema é quando você só consegue trabalhar depois de 2 ou 3 xícaras de café, mantendo uma sempre cheia ao seu lado para espantar a sonolência. Dormir bem, pelo menos 8 horas ao dia, e fazer uma atividade física com regularidade em prol da boa circulação do sangue e melhor oxigenação do cérebro é essencial para que a mente tenha potencial de foco durante o dia.

Além das atividades físicas, ioga ou meditação são ótimas ferramentas para superar a ansiedade e resistir às pressões diárias, alinhando respiração e relaxamento. O ideal é não ficar parado e aderir à atividade que mais se adéqua ao seu perfil.

Buscar o autoconhecimento

No best-seller O Poder do Hábito, o autor, Charles Duhigg, defende que é mais fácil transformar do que eliminar os hábitos, mas a transformação só se faz possível mediante autoconhecimento.

Duhigg usa o seu próprio comportamento como modelo: funcionário disperso, não conseguia focar no trabalho porque todos os dias sentia vontade de comer chocolate no período da tarde, o que fazia com que ele largasse o serviço e fosse até a lanchonete para saciar o desejo.

Ao refletir sobre o hábito (registrando o horário e a circunstância em que ele ocorria), Duhigg descobriu que a súbita vontade de comer chocolate era, na verdade, uma ânsia de relaxar e bater papo quando se cansava de olhar para a tela do computador.

Dessa forma, passou a dosar melhor as horas diante do notebook a conversas amenas com os colegas ao longo do expediente, sem submeter a saúde ao risco de desenvolver diabetes ou sobrepeso e tampouco perder tempo na lanchonete.

Ter metas

“Não.” Essa é a palavra que mais te ajudará a focar naquilo que realmente importa. O problema é saber quando dizer não. CEOs de grandes empresas, por exemplo, são tão demandados por tudo e por todos nas 24 horas do dia que responder “não” fica cada vez mais complicado em função do papel central que exercem na organização. Afinal, um “não” mal colocado pode ter consequências desastrosas.

No entanto, o desafio do “não” fica mais fácil quando existem metas a serem atingidas em curto, médio e longo prazo. Basta seguir o calendário e evitar que metas não urgentes entrem no caminho daquelas que estão no prazo final. Além disso, o estabelecimento de metas impede o desperdício de tempo com atividades que em nada influenciarão nos resultados esperados.

Gerenciar o tempo

Atualmente, a internet oferece diversos programas bem fáceis de instalar e utilizar (como o Teamwork), que gerenciam tempo e atividades, dando um visão completa e estratégica sobre o andamento de cada projeto. Com o auxílio dos gerenciadores de tempo, você pode programar melhor o seu dia e ainda deixar o resto da equipe a par do que está fazendo, sem precisar recorrer a e-mails e reuniões o tempo inteiro.

Além dessa ajuda tecnológica, caberá unicamente ao seu bom senso a melhor gerência do tempo, lembrando sempre de reservar momentos para lazer e descanso e não usar o horário de trabalho para resolver questões pessoais.

Mantenha a organização

Sem organização não há trabalho nem foco, muito menos metas. Se você perde boa parte do seu dia só lendo, enviando e procurando e-mails, já passou da hora de organizar sua caixa de entrada. O Gmail, por exemplo, oferece o recurso de separar os e-mails de acordo com o remetente, enviando o que classifica como spam para a lixeira.

Além desses procedimentos rotineiros, é preciso que sua estação de trabalho esteja sempre limpa e organizada para que você não perca tempo procurando por documentos importantes nem passe a impressão de desleixo para os demais colegas e superiores — o que tende a manchar a sua imagem e diminuir as suas chances de ser um profissional de sucesso.

Desenvolver capacidades técnicas e pessoais

Muitas vezes o ambiente de trabalho é tão tumultuado por barulhos e vai e vem de pessoas que fica difícil concentrar em qualquer coisa que seja na tela do computador, a não ser, é claro, a timeline do Facebook. Para contornar as intempéries diárias sem sair gritando com os colegas pedindo silêncio diariamente, é necessário desenvolver algumas capacidades técnicas e pessoais.

Por exemplo: usar fones e sintonizar streamings temáticos de música relaxante, ou sons de natureza. Treinar a leitura dinâmica é também uma ótima forma de absorver o máximo de conteúdo no menor intervalo de tempo possível. Caso essas técnicas não funcionem como espera, você pode experimentar mudar de lugar e se sentar em pontos menos visados do escritório e, de preferência, desligar o celular.

Além de ser um conceito bastante relativo, o sucesso profissional não apresenta fórmulas. Ainda assim, é certo que o foco é uma constante na trajetória bem sucedida de profissionais dos mais diversos segmentos, desde o momento em que eles tiram uma ideia inovadora do papel até a hora em que conduzem o próprio negócio, lidando com a concorrência acirrada dos maiores players do mercado. Assim, temos o eterno ciclo, do qual os melhores nunca fogem: foco → trabalho → sucesso. Onde está você nessa jornada?

E então, esse conteúdo foi realmente útil para você? Tem dúvidas ou gostaria de acrescentar mais dicas sobre como manter o foco no trabalho? Fique à vontade para dar sua sugestão nos comentários!

4 comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo