7 apps que vão turbinar a Gestão de Tarefas da sua empresa

A gestão de tarefas é uma atividade complexa, mas que faz parte da rotina de qualquer gestor. Sendo bem feita, ela consegue criar um fluxo de trabalho contínuo, onde todos os profissionais atuam lado a lado na busca por uma rotina mais eficiente e com baixo índice de gargalos operacionais.

Os processos de gestão de atividades estão diretamente ligados à capacidade do empreendimento de manter-se aderente a prazos e acordos de mercado.

Por isso é necessário criar uma política de distribuição e acompanhamento de tarefas eficiente, onde o gestor é capaz de designar e distribuir demandas com eficácia.Watch movie online Logan (2017)

Uma das formas de atingir esse objetivo é adotando ferramentas de TI. Elas podem ser integradas aos processos de gestão para que a empresa consiga ter um acompanhamento mais assertivo na forma como as tarefas internas são executas e, assim, trabalhar na otimização da cadeia operacional do negócio.

Quer saber como isso é possível? Então veja a nossa lista abaixo com os principais aplicativos de gestão de tarefas do mercado!

1. Google Agenda

Muitos profissionais e equipes possuem uma agenda atribulada, com várias reuniões e tarefas diárias. Diante disso, o uso de agendas digitais pode ser visto como uma solução simples, mas que possui um grande impacto na distribuição de tarefas e no acompanhamento do dia a dia de uma empresa.

O Google Agenda é uma solução de uso gratuita mas que também está disponível na plataforma de serviços corporativos do Google, a Google App for Works.

Por meio de uma API, as tarefas e reuniões que são distribuídas para outros funcionários podem ser acessados tanto pelos aplicativos oficiais — disponíveis para Android e iOS  como pelas principais aplicações de calendário do mercado.

Assim, a empresa consegue garantir que os usuários do seu serviço terão acesso à sua rotina em qualquer local com acesso a internet.

2. Wunderlist

O Wunderlist é uma plataforma de gestão voltada diretamente para a distribuição e acompanhamento de rotinas. Ela está disponível para as principais plataformas móveis, sistemas desktop e acesso via web por meio de planos pagos e gratuitos (que possuem algumas limitações).

Por meio do serviço pago, usuários conseguem distribuir e gerenciar tarefas de forma colaborativa. Isso é útil para negócios onde várias rotinas são executadas por um grande número de profissionais.

Assim, a empresa pode ter processos mais dinâmicos e com maior qualidade.

3. Trello

Criado com foco em startups, o Trello é um aplicado que auxilia o gerenciamento das atividades de projetos corporativos.

Ele é simples, com um grande número de funções e compatível com serviços como o Google Drive e o Microsoft OneDrive. Para tornar a organização mais simples, as atividades podem ser definidas de acordo com o nível de prioridade, permitindo que processos tornem-se mais eficazes.

O Trello está disponível para acesso via web e nos principais sistemas móveis. No entanto, gestores devem atentos ao fato de que o app só funciona em inglês; o que pode reduzir a sua integração com vários ambientes de trabalho.

Ainda assim, o serviço merece ser considerado em locais onde várias equipes atuam com objetivos em comum.

4. Slack

O Slack é uma das ferramentas corporativas que apresentaram o maior crescimento no mercado de aplicativos dos últimos anos.

Totalmente voltado para ambientes corporativos, essa solução possui planos gratuitos e pagos. Elas irão se diferenciar pela quantidade de recursos, preços e tipo de suporte prestado aos usuários.

Por meio do Slack, profissionais podem se comunicar, definir tarefas e verificar rapidamente a execução de projetos. A sua integração com outros serviços torna a definição de um planejamento de atividades mais eficaz e com maior capacidade de resposta a falhas.

Assim, ainda que ele esteja disponível apenas para desktop, web, Android e iOS, o seu uso terá um impacto direto na capacidade do negócio de atender às suas métricas de resultados.

5. Basecamp

O Basecamp é voltado para locais onde profissionais de múltiplos setores atuam em conjunto no mesmo grupo de tarefas e projetos. A sua organização dinâmica permite que várias pessoas mantenham-se atualizadas ao mesmo tempo sobre o progresso de atividades via web ou desktop.

Assim, conflitos, reuniões e retrabalhos são evitados com mais facilidade. Apesar de não ser gratuito, o Basecamp está disponível por um período de testes de dois meses, onde gestores poderão verificar se essa solução se adapta corretamente às suas necessidades.

O seu maior destaque é a sua aparência simples e amigável, que torna a sua implementação mais rápida e com menor custo.

Projetos podem ser limitados a 12 níveis, com gestão de acordo com as prioridades da empresa. Assim como outras soluções, é possível incorporar arquivos e rótulos para uma atividade, tornando-a mais dinâmica.

6. IFTTT

Sigla para a expressão “if this, than that— algo como, “se isso, faça aquilo” , o IFTTT é uma plataforma de automatização de tarefas que pode ser utilizada como uma forma da gestão de rotinas tornar-se mais eficaz.

Ele funciona como um grande “hub” de integração entre APIs de vários serviços. Assim, é possível criar pequenas “receitas” onde um trigger irá acionar um alerta ou mesmo uma ação complexa.

O IFTTT pode ser utilizado em ambientes com sistemas integrados a grande número de profissionais. Sempre que uma nova atividade for criada, por exemplo, todos os profissionais envolvidos irão receber uma mensagem no seu aplicativo de mensagens preferido, podendo se programar antecipadamente para a tarefa. Com isso, cria-se um ambiente mais confiável, automatizado e com menos erros.

7. Asana

O Asana é um dos principais concorrentes do Trello.

Também voltado para a organização de tarefas em ambientes corporativos, esse serviço é simples, eficaz e possui um grande impacto na forma com equipes gerenciam tarefas e prazos.

É possível criar cartões com suporte a arquivos, comentários, descrições e deadlines.

Disponível para Android e iOS, além de ser acessível via web, o Asana é totalmente gratuito. O acompanhamento do progresso de tarefas pode ser feito remotamente, tornando a gestão de equipes mais eficaz e dinâmica.

Caso o limite de 100MB de upload para cada arquivo não for o bastante, é possível utilizar a integração com serviços como o Dropbox, Google Drive e Box para incorporar arquivos maiores. Assim, a empresa terá sempre como criar projetos dinâmicos e flexíveis.

Percebeu a quantidade de opções disponíveis para facilitar a distribuição de atividades entre membros ou equipes? Agora é a sua vez: você conhece alguma ferramenta que pode ser utilizada na gestão de tarefas? Conta pra gente!

Um comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo